domingo, 10 de maio de 2015

As avaliações imobiliárias e o seu impacto nas demonstrações financeiras

O artigo de hoje, versa, mais uma vez, a temática das avaliações imobiliárias e o seu impacto nas demonstrações financeiras.

 As avaliações imobiliárias e o seu impacto nas demonstrações financeiras

Continuamos a insistir nesta problemática, porque queremos contribuir, humildemente, para um melhor esclarecimento da classe a que pertencemos, de Avaliadores de Imóveis.


Fazendo uso do nome de um blogue que muito apreciamos, os Avaliadores de Imóveis necessitam de “pensar fora da caixa”, sem dogmas.

Relembramos, a este propósito, o que pensamos sobre a vida útil  definida nas NCRF’s e a sua implicação na avaliação de imóveis, que explicamos no nosso artigo Vida útil, e que não foi bem aceite em alguns fóruns.





E vem a propósito a divulgação de um trabalho muito bem estruturado, desenvolvido no âmbito de uma dissertação de mestrado em Finanças, por Maria da Conceição F. L. Carapinha Pereira.


Vale a pena visitar o Repositório da Universidade Portucalense e descarregar a dissertação

Remete para o artigo:
http://avaliarpatrimonio.blogspot.pt/2013/01/a-complexidade-da-vida-util.html (Este artigo foi escrito por João Fonseca, Avaliador de Imóveis, telefone 919375417, endereço de correio eletrónico joao.fonseca@formatos.pt. A empresa de referência é www.formatos.pt e dedica-se à avaliação de imóveis)
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário