domingo, 11 de junho de 2017

Comércio de rua (Lisboa e Porto)

Voltamos a analisar a publicação trimestral da consultora CBRE, Snapshot Rendas - Yields, que acompanha as rendas e “yields” prime do mercado de investimento imobiliário de Lisboa e Porto. 

É, sem dúvida, uma publicação muito interessante, que constitui um apoio muito importante para a atividade de avaliação de imóveis.

Não podemos deixar de partilhar com os nossos leitores algumas curiosidades que vamos registando, da sua leitura, hoje com destaque para o setor do comércio de rua (dimensão "standard" de 100m2 e como localizações de referência a Rua de Santa Catarina e a zona da Boavista, no Porto e Avenida da Liberdade e Chiado em Lisboa). 
Tem sido assinalado a saturação dos centros comerciais e o apontar das novas insígnias para este tipo de comércio de retalho. Por outro lado, o ambiente económico também desanuviou e o turismo tem feito exercer a sua importância. Era espectável que o valor das rendas começassem a subir e/ou as “yields” a baixar. 


Assim sendo, podemos verificar que na cidade de Lisboa, comparando 2009 com o final de 2016, o valor por metro quadrado praticamente duplicou e que verdadeiramente nunca ouve uma crise profunda neste segmento do mercado imobiliário! Apesar de ter existido um crescimento débil, nos primeiros, o setor revelou-se pujante.

No ano de 2016, a cidade do Porto assistiu a um crescimento acentuado do valor dos seus imóveis (50%).

O Céu é o limite?
Reacções:

0 comentários:

Enviar um comentário